INÍCIO /// ACTUALIDADE
 
 
 
 
 
Novos parceiros do CNE.
Artigo publicado a 2020-12-04 /// 414 visualizações
 
Encontro com o IMVF e o Clube Lisboa
O Corpo Nacional de Escutas no dia 2 de dezembro esteve num encontro no museu do CNE com o Instituto Marquês de Vale Flor (IMVF) e o Clube Lisboa de modo a firmar uma parceria.
Este encontro contou com a presença de Mónica Santos Silva, enquanto técnica de projetos na unidade de Cidadania Global, do Instituto Marquês de Vale Flor, Fernando Cardoso, diretor executivo do Clube Lisboa, por parte do CNE esteve presente o Secretário Nacional para o Ambiente e Sustentabilidade, José Rodrigues, e a Coordenadora do departamento dos ODS Joana Bacelar e ainda o Coordenador das relações externas, Erico Virgy.

O Clube de Lisboa é uma associação com membros individuais e coletivos que partilham a visão de Lisboa como cidade global e como espaço de reflexão, debate e intervenção sobre temas prioritários e fraturantes da agenda internacional, com atenção particular aos desafios para Portugal e a Europa, promovendo novas visões e perspetivas, influenciar as agendas políticas, aprofundar a reflexão e impulsionar o debate sobre temas internacionais que afetam a nossa vida em sociedade e que impactam sobre a sustentabilidade do planeta e sobre o futuro das novas gerações.

O IMVF em 1951 como instituição privada de utilidade pública, o IMVF é uma Fundação para o desenvolvimento e a cooperação, tendo iniciado atividade como ONGD em 1988 em São Tomé e Príncipe. A partir dos anos 90 expandiu a sua ação a outros países, com predominância aos de língua oficial portuguesa, e alargou as áreas de atividade. Os resultados alcançados tornaram o IMVF numa entidade de referência nos domínios da cooperação, da cidadania global e da reflexão sobre o desenvolvimento.

A reunião foi muito bem conseguida, onde foram partilhados os projetos já realizados, como por exemplo a exposição ODS realizado no museu do CNE. Também foram apresentados alguns projetos futuros, onde coexistirão em parceria com o Clube Lisboa e o IMVF.

Após a reunião foi realizada uma visita ao museu guiada pelo Bruno Cristóvão, que explicou como este espaço se dedica a preservar a identidade e história do nosso movimento.

Texto de: Erico Virgy. Fotografia de: Bruno Cristovão.
 
Bookmark and Share