INÍCIO /// ACTUALIDADE
 
 
 
 
 
Instituição e comunidade recebem apoio.
Artigo publicado a 2020-05-04 /// 374 visualizações
 
Agrupamento 1034 presta apoio à comunidade local
O Agrupamento 1034, Santiago de Cassurrães deu apoio direto a instituição e à comunidade.
Atendendo aos valores da missão do Escutismo, e face à atual situação que se vive na União de Freguesias de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães, mais concretamente no Lar de S. José, onde um número considerável de idosos e funcionárias testaram positivo para a Covid-19, o Agrupamento 1034, Santiago de Cassurrães, região de Viseu prontificou-se para colaborar com a instituição.

Em articulação com Centro de Coordenação Operacional Municipal de Mangualde (CCOMM) e cumprindo todos os requisitos de segurança, colaboraram na implementação do plano de contingência para o Lar de S. José nomeadamente, na preparação e desinfeção de espaços e equipamentos para os idosos não infetados, bem como no apoio ao serviço de refeições e cuidados básicos a esses idosos.

Todos os dias, usando os equipamentos de proteção individual necessários, os elementos do agrupamento, ajudaram os idosos que não têm autonomia no serviço de jantar e auxiliaram no processo de higienização e respetiva acomodação.

Com o intuito de unir a comunidade em torno desta situação criaram uma corrente de oração na sexta-feira Santa, atribuindo a cada pessoa que se juntou à iniciativa dez minutos de oração, contudo dada a elevada adesão, houve necessidade de repetir a corrente de oração até ao Domingo de Páscoa, contabilizando um total de vinte e oito horas de oração e cerca de 100 pessoas envolvidas.

Devido a não estarem reunidas todas as condições de segurança e de acordo com as indicações do CCOMM a colaboração teve que ser suspensa. Contudo, continuam a manifestar a solidariedade e admiração por todos os profissionais que continuam a desempenhar heroicamente a sua função.

Esta ação está devidamente enquadrada com as diretrizes enviadas pela Junta Central, na sua circular 08-CN-2020.

Texto e fotografia de: Filipa Pinto e Carlos Martins.
 
Bookmark and Share