INÍCIO /// ACTUALIDADE
 
 
 
 
 
Chegou a nova insígnia do Panda.
Artigo publicado a 2019-08-06 /// 276 visualizações
 
OMME e WWF lançam nova insígnia do Panda
A Organização Mundial do Movimento Escutista e World Wide Fund For Nature lançaram a nova insígnia do Panda promovendo ações para travar a degradação da natureza.
No passado dia 26 de julho em pleno 24ºJamboree Mundial, nos Estados Unidos da América, foi lançada a nova insígnia do Panda. Esta insígnia surge da parceria entre a Organização Mundial do Movimento Escutista (OMME) e World Wide Fund For Nature (ANP-WWF).

O novo distintivo pretende agitar as consciências dos escuteiros e inspirá-los para ações de proteção da natureza e do ambiente, reconhecendo os enormes desafios que o planeta enfrenta e o importante papel dos jovens na criação de um mundo melhor e mais sustentável.

Esta insígnia ,conhecida anteriormente como Insígnia Mundial da Conservação da Natureza, irá inspirar mais de 50 milhões de Escuteiros e jovens em 224 países e territórios em todo o mundo a criar mudanças positivas nas suas comunidades e enfrentar os desafios ambientais mais urgentes no mundo, incluindo o consumo de combustíveis fósseis e a desflorestação.

"O escutismo sempre esteve intimamente ligado à natureza, e a parceria com a maior organização independente de conservação do mundo, a WWF, permite-nos fortalecer esta ligação", disse Ahmad Alhendawi, Secretário Geral da Organização Mundial do Movimento Escutista.

Em comunicado a Associação da Natureza de Portugal - World Wide Fund For Nature (ANP-WWF) demonstrou o seu agrado "A WWF congratula-se com esta parceria com o Escutismo Mundial para mobilizar os mais jovens por um planeta mais saudável e inspirar os líderes ambientais de amanhã, disse Ângela Morgado da ANP|WWF, acrescentando que "esta é a segunda vez que fazemos uma parceria com os Escuteiros portugueses, a primeira foi por ocasião da Hora do Planeta deste ano para fazer passar a mensagem da urgência de travar as alterações climáticas. Agora a mensagem é sobre a urgência de travarmos a degradação da natureza", reiterou.

Texto de: Susana Micaela Santos. Imagem de: WWF.
 
Bookmark and Share