INÍCIO /// ACTUALIDADE
 
 
 
 
 
Joana Bacelar esteve como observadora a representar o CNE.
Artigo publicado a 2019-06-25 /// 233 visualizações
 
Lisboa +21, jovens e governantes em diálogo
Lisboa acolheu, 21 anos depois, a Conferência de Ministros Responsáveis pela Juventude e Fórum da Juventude 2019.
No fim de semana de 22 e 23 de junho, Lisboa acolheu, passados 21 anos, a Conferência de Ministros Responsáveis pela Juventude e Fórum da Juventude 2019.

Participaram 104 países, mais de 800 participantes, 50 ministros responsáveis pela área da Juventude, 150 representantes da Juventude de diferentes países. Durante dois dias jovens e governantes estiveram na "mesma mesa" a debater temas emergentes da juventude. A Agenda 2030, o seu plano de ação para as pessoas, o planeta e a prosperidade, de acordo com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável anunciados, fizeram parte do enquadramento da Lisboa+21.

A Conferência Lisboa+21 contou com o envolvimento de vários escuteiros. João Armando Gonçalves, anterior Presidente do Comité Mundial do Escutismo, esteve como coordenador desta conferência, responsável por uma vasta equipa de voluntários. Amal Ridén, conselheira juvenil da Organização Mundial do Movimento Escutista, esteve em Portugal a participar na conferência, entre muitos escuteiros que além da participação prestaram o seu apoio em todo o decorrer dos trabalhos.

Já é conhecida a Declaração que resultou desta conferência, uma declaração renovada sobre Políticas e Programas de Juventude (Lisboa+21), no quadro da Agenda 2030. Disponível aqui

Texto de: Susana Micaela Santos. Fotografia de: Joana Bacelar.
 
Bookmark and Share