INÍCIO /// NACIONAL
 
 
 
 
 
Este prémio nacional de Ambiente, distinguiu Drave na sua ação como “amigo do ambiente”.
Artigo publicado a 2018-11-28 /// 201 visualizações
 
Drave recebe prémio ambiental
O campo escutista de excelência Drave Scout Centre foi galardoado com uma Menção Honrosa pela Confederação Portuguesa das Associações de Defesa do Ambiente (CPADA), no Prémio Nacional de Ambiente.
No 28º Encontro Nacional de Associações de Defesa de Ambiente, plataforma na qual faz parte o Corpo Nacional de Escutas (CNE) foi distinguido o Drave Scout Centre a par de outras entidades que demonstraram uma consistência e inovação no que à sustentabilidade ambiental diz respeito, nomeadamente as Câmaras Municipais de Mação, Santarém, Vila Franca de Xira, Lousada, Mafra e Vila Nova da Barquinha, bem como a Defesa Nacional e os seus três ramos - Força Aérea, Marinha e Exército.

Esta menção vem atribuir o necessário reconhecimento que Drave e a Secretaria Nacional para o Ambiente e Sustentabilidade têm imprimido às questões do ambiente e à sua sustentabilidade

O prémio Nacional de Ambiente foi atribuído a Arlindo Marques, mais conhecido como o "Vigilante do Tejo" pela forma como deu visibilidade ao problema da poluição do rio Tejo, através de recolha diária de fotografias, vídeos e testemunhos que eram posteriormente divulgados nas redes sociais.

A sua ação foi reconhecida pela comunicação social que lhe deu protagonismo e visibilidade nacional, forçando o Ministério do Ambiente a intervir neste problema.

A CPADA constitui em 1999 o Prémio Nacional de Ambiente "Fernando Pereira", o qual é atribuído anualmente. O prémio e as menções honrosas destinam-se a galardoar pessoas, instituições ou empresas que em cada ano de distingam na sua ação como "amigos do ambiente".

Texto e fotografia de: Comunicação da Secretaria Nacional para o Ambiente e Sustentabilidade.
 
Bookmark and Share