INÍCIO /// REGIÕES
 
 
 
 
 
Novas experiências marcam este encontro.
Artigo publicado a 2018-04-19 /// 941 visualizações
 
Quinta do Escuteiro recebeu refugiados
A Quinta do Escuteiro, na Região de Leiria-Fátima recebeu durante um fim de semana refugiados do Iraque.
Cerca de 50 escuteiros de várias regiões do país (Leiria-Fátima, Porto e Lisboa), reuniram-se no fim de semana de 14 e 15 de abril para fazer trabalhos de melhoramento e requalificação do terreno e infra-estruturas no campo escutista "Quinta do Escuteiro", na Batalha.

O ponto alto deste fim de semana foi, sem dúvida, quando foi apresentada aos Escuteiros, uma família Iraquiana refugiada. Neste encontro, os Escuteiros, ouviram a história desta família, tiraram as dúvidas que tinham sobre estes conflitos, a fim de perceber o que estas pessoas passam para um dia chegarem ao nosso Portugal.

Inês Henriques, uma das participantes relata "Tentar perceber o que esta família passou torna-se inconcebível, a coragem e determinação necessárias, para deixar o seu país e vida para trás. para conseguir dar aos seus filhos uma vida estável e feliz. Falar com esta família tornou este problema ainda mais real, para além de reportagens, fotos e artigos, é perceber que todos os dias são de incerteza e de pânico. É impossível ficar indiferente ao ouvir o testemunho destas pessoas. Cresceu uma vontade de querer tomar ações para combater este problema, é nosso dever fazê-lo."

No fim houve uma troca cultural, os escuteiros prepararam uma refeição para a família e foram presenteados com um prato típico do Iraque. Foi um momento simples, de carinho e gratidão por esta aproximação que fez todos crescer um pouco.

Os jovens saíram do campo com um sentimento de realização quer pelos trabalhos realizados, quer por este contacto. Olhar olhos nos olhos estas pessoas fê-los perceber que independentemente da cultura, religião ou país, somos todos seres humanos, todos precisamos de saber coabitar no nosso planeta, todos precisamos de humanidade.

A Quinta do Escuteiro e a Junta Regional de Leiria-Fátima querem continuar a trabalhar esta temática junto dos jovens e demonstram-se disponíveis a colaborar em ações como esta. Este encontro teve a colaboração da Cáritas diocesana da Caranguejeira.

Texto de: Daniela Casimiro. Fotografia de: Manuel Joaquim.
 
Bookmark and Share