INÍCIO /// AGRUPAMENTOS
 
 
 
 
 
Margaride em festa.
Artigo publicado a 2018-03-29 /// 670 visualizações
 
Agrupamento 694 de Margaride celebra o 35º Aniversário
Casa das Artes de Felgueiras recebe família escutista, instituições do concelho e autoridades civis e religiosas.
Fundado em 19 de Março de 1983 pelo Padre Rodrigo da Costa Ferreira e pelos Dirigentes Orlando Araújo, Maria Freitas, Luz Martins, Maria Coelho, Manuel Alves, José Sousa e José Carlos Pinheiro, comemora 35 anos de existência.

As comemorações tiveram início no mês de fevereiro e contaram com a realização de duas conferências, a primeira, levada a cabo pelo Dirigente Carlos Alberto Pereira e subordinada ao tema " O Escutismo e os desafios do Sec. XXI", onde falou sobre a génese do escutismo e da necessidade de "procurar encontrar pontos de referência que garanta a ação contínua e fiel ao pensamento dos fundadores", a segunda, pelo Dirigentes João Armando Gonçalves, com o tema "Escutismo-Escola de Formação" e onde falou sobre o sistema de educação formal, referindo que "o sistema de educação formal dá sinais de inadequação quer em termos de conteúdos como das formas de ensinar. Emergem assim como crescentemente importantes as competências e saberes que são adquiridos pela educação não-formal, de que o escutismo é agente importante".

José Carlos Pinheiro abriu a sessão solene agradecendo a presença de todos e referiu que é com muito orgulho que faz parte de um Agrupamento que está 35 anos a marcar a diferença e a ajudar a formar cidadãos responsáveis. Referiu ainda que "50% das crianças e jovens de Margaride fizeram parte do Agrupamento desde 1983" facto de que muito se orgulha.

Estiveram presentes o Chefe Nacional, Ivo Faria e o Chefe Regional do Porto, Hugo Carvalho, tendo o Chefe Nacional na sua intervenção agradecido aos fundadores e aos atuais Dirigentes pela sua dedicação e empenho, agradecido à comunidade pelo seu constante apoio e reconhecimento ao trabalho desenvolvido em prol das crianças e dos jovens e incitou os escuteiros a partir à descoberta de um novo e infinito Mundo.

As diversas entidades presentes referiram estar dispostas a prestar mais atenção e mais trabalho em conjunto pois reconhecem a importância do escutismo "uma atividade nobre e que prepara os jovens para a vida".

O Assistente do agrupamento, Padre Benjamim, após umas breves palavras sobre a bondade de S.José, pois celebramos nesse dia o dia do Pai, agradeceu a presença de todos o incitou os Dirigentes a, não obstante as dificuldades e escolhos que possam vir a encontrar no desempenho da sua missão, a serem fieis á sua promessa e a trabalhar incansavelmente em prol dos jovens.

De seguida foram atribuídas algumas distinções a Dirigentes do Agrupamento. A noite finalizou em confraternização com um jantar.

Texto e fotografia de: Manuel Joaquim.
 
Bookmark and Share