INÍCIO /// ACTUALIDADE
 
 
 
 
 
Jornada Mundial apela ao fim à violência.
Artigo publicado a 2018-02-22 /// 711 visualizações
 
CNE associa-se a jornada mundial
Amanhã, 23 de fevereiro, a pedido do Papa Francisco assinala-se uma Jornada Mundial de Oração e Jejum.
O Corpo Nacional de Escutas (CNE) em conjunto com mais 13 organizações associa-se a esta Jornada Mundial de Oração e Jejum.

A jornada, a pedido do Papa Francisco, assinala-se amanhã, em todo o mundo e evoca em particular, as vítimas dos países do Sudão do Sul e da República Democrática do Congo. "Perante o trágico arrastamento de situações de conflito em diversas partes do mundo, convido todos os fiéis para uma jornada especial de oração e jejum pela paz, a 23 de fevereiro, sexta-feira da primeira semana da Quaresma", anunciou Francisco. "Como noutras ocasiões similares, convido os irmãos e irmãs não-católicos e não-cristãos a associarem-se a esta iniciativa, das formas que julgarem mais oportunas, mas todos juntos", acrescentou.

Disponibilizamos a Via-Sacra e a Oração para a vivência deste dia.

Uma forma de recordar, através da meditação, da oração e dos cânticos, os passos de Jesus no caminho da Cruz, um caminho que parecia sem saída e, no entanto, mudou a vida e a história do Homem. Todos juntos e unidos, pelo fim da violência conforme nos apela o Papa Francisco.

Texto de: Susana Micaela Santos. Imagem de: Caritas Internationalis.
 
Bookmark and Share