INÍCIO /// ACTUALIDADE
 
 
 
 
 
João Antunes a apresentar o software para Arquivos online para edições impressas de jornais.
Artigo publicado a 2017-11-06 /// 641 visualizações
 
XIII Congresso da Associação Portuguesa de Imprensa
CNE apresenta Projeto de Inovação dos Media através da Flor de Lis.
Realizou-se de 2 a 4 de novembro, na Universidade da cidade de Aveiro, o 13º. Congresso da Associação Portuguesa de Imprensa, da qual a nossa Revista Flor de Lis é associado.

Foram discutidos temas relacionados com a Comunicação Social tais como Medidas de emergência para a Comunicação Social, Distribuição/Monetização, Empreendedorismo nos Media e Formação Profissional, Conselho de Imprensa e apresentados diversos projetos de Inovação dos Media.

O CNE esteve representado pelo seu Assessor para o Arquivo e Projetos Digitais, João Antunes, para apresentar, na área da Inovação dos Media, o projeto Marchiver, um software para Arquivos online para edições impressas de jornais ou outro qualquer tipo de comunicação.

Desenvolvido em tecnologia Web e desenhado desde o início para adaptar-se a dispositivos móveis, funciona em qualquer dispositivo móvel que tenha um browser presente e possibilita a pesquisa de conteúdo num arquivo e filtragem por intervalos temporais. Cada página de um arquivo torna-se num objeto social otimizado e pronto para ser descoberto ou partilhado nas redes sociais.

O projeto, financiado pelo Google DNI Innovation Fund, é um dos seis vencedores em Portugal de entre os 128 escolhidos entre as 1200 candidaturas submetidas a nível Mundial.

Dois pressupostos estiveram na sua génese, o arquivo histórico da Flor de Lis, testemunha da evolução da sociedade portuguesa ao longo dos últimos 90 anos e a componente de “crowdsoucing” (participação de voluntários em tarefas específicas).

O software Marchiver vai possibilitar à Flor de Lis, oportunamente, disponibilizar no portal do CNE, as edições da FL desde 1925 até ao presente, agora com três funcionalidades principais: a visualização, a extração de texto e a pesquisa.

O projeto foi reconhecido e aplaudido por cerca de 100 jornalistas presentes na plateia.

Texto e fotografia de: Manuel Joaquim.
 
Bookmark and Share