INÍCIO /// NACIONAL
 
 
 
 
 
Participantes do Dravim 2017.
Artigo publicado a 2017-10-11 /// 1324 visualizações
 
Dravim na aldeia mágica
Dravim 2017 desafiou participantes a regressarem às origens da aldeia.
No fim-de-semana, 7 e 8 de outubro, realizou-se uma grande atividade na aldeia da Drave, uma atividade que teve como objetivo marcar o início do ano escutista e celebrar mais um aniversário da Base Nacional da IV.

O Dravim foi um fim-de-semana de encontro, partilha, convívio e celebração para os caminheiros de diversas regiões que nestes dias se deslocaram à aldeia da Drave. Esta atividade dá a conhecer a aldeia e a Base Nacional da IV, a oportunidade de contemplar a natureza, apreciar o espírito de Caminheirismo que se vive na aldeia e a descoberta da presença de Deus.

O tema da atividade fez com que os participantes regressasem às origens da aldeia. Na altura em que a aldeia esteve habitada, praticava-se muito a policultura para o consumo familiar.

Na manhã de sábado, decorreram vários jogos que remontavam os tempos antigos na aldeia e as suas atividades tradicionais como, por exemplo, a preparação do enchido caseiro, retratar a apanha do milho, os antigos espigueiros existentes na aldeia, o momento em que as cebolas colhidas eram preparadas para o armazenamento, o vinho transportado do lagar para as pipas e, por fim, a vida pastorícia onde o pastor tem que guardar o seu rebanho.

Na tarde de sábado, após a realização dos jogos tradicionais, os caminheiros puderam participar nas diversas oficinas que a atividade proporcionou aos participantes de acordo com o tema do Dravim.

No final do dia de Sábado, realizou-se um jantar comunitário e uma ceia regional com todos os participantes para festejar o 14º aniversário da BNIV.

O Dravim é uma marca para todos os caminheiros, onde todos os participantes partilham os seus conhecimentos e as suas vivências. É uma atividade rica em momentos de animação, de convívio, de aprendizagem e de opotunidades para refletir sobre tudo o que nos rodeia.

Texto de: Raquel Mendes. Fotografia de: Paulo Natividade .
 
Bookmark and Share