INÍCIO /// ACTUALIDADE
 
 
 
 
 
Escuteiros no apoio a bombeiros.
Artigo publicado a 2017-06-19 /// 20859 visualizações
 
Escuteiros garantem apoio a bombeiros e população
Escuteiros de diversos pontos do país apresentaram-se ao serviço. Bombeiros e populações contaram com o seu apoio.
Portugal está de luto. Desde de sábado com o incêndio na zona de Pedrogão Grande, com um elevado número de vítimas a registar, e que continua a aumentar, registando-se no momento o combate a seis grandes incêndios nos distritos de Leiria, Coimbra, Castelo Branco e Bragança.

De acordo com dados da Autoridade Nacional da Proteção Civil, estão no terreno perto de 3000 operacionais, apoiados por veículos terrestres e meios aéreos.

O Corpo Nacional de Escutas através do seu Chefe Nacional, Ivo Faria, dedica às famílias das vítimas desta enorme catástrofe uma nota de solidariedade e profundo pesar. “Os escuteiros têm o lema de estar sempre alerta para servir, todos os dias e a cada necessidade. Mas nestas situações de particular emergência e dor, estamos ainda mais atentos e disponíveis para, com segurança para os nossos escuteiros, prestar o apoio necessário e servir operacionais e populações.”, afirma Ivo Faria.

Desde logo escuteiros oriundos de diversos pontos do país apresentaram-se ao serviço dando apoio fundamental junto dos bombeiros e populações. A propósito do incêndio de Pedrógão Grande, o DNPCS – CNE intervém na retaguarda dos bombeiros, no apoio alimentar e na manutenção operacional dos aquartelamentos, e ainda no apoio a evacuações e no suporte alimentar a deslocados.

Também várias Juntas Regionais do CNE estão a promover a recolha de bens e organizar o respetivo transporte para os locais mais necessitados.

O Departamento Nacional de Proteção Civil e Segurança do Corpo Nacional de Escutas (DNPCS – CNE) garante o apoio de retaguarda em situações de necessidade despoletadas por episódios de intervenção das entidades de proteção civil no teatro de operações.

Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República ontem em declarações realçou a importância do apoio dos escuteiros a quem combate as chamas referindo que são "Pequenos grandes gestos dos jovens escuteiros, houve e há uma mobilização notável...".

Neste momento foi pedido através das autoridades competentes a suspensão das angariações para a zona de Pedrogão Grande, por falta de capacidade de armazenamento, até novas indicações.

Texto de: Susana Micaela Santos. Fotografia de: Gonçalo Vieira.
 
Bookmark and Share