INÍCIO /// REGIÕES
 
 
 
 
 
Atividade permitiu sensibilizar para a proteção e preservação da natureza.
Artigo publicado a 2017-03-29 /// 1547 visualizações
 
Escuteiros participam em ação de proteção e prevenção da natureza
A Festa da Primavera, organizada pelo Laboratório da Paisagem, assinalou a chegada da mais colorida estação do ano e promoveu a comemoração do Dia Internacional de Ação Pelos Rios.
Nesta terceira edição, o Laboratório da Paisagem coordenou a iniciativa que permitiu remover alguns resíduos do rio Ave. O núcleo de Guimarães foi convidado a estar presente, marcando a sua presença através do agrupamento nº5 de Ronfe e do agrupamento 108 de Fermentões. Estiveram presentes 55 escuteiros e 8 dirigentes.

Esta participação serviu para os sensibilizar para a proteção e preservação da natureza. “O escuta protege as plantas e os animais”, como nos lembra o 6º artigo da Lei do Escuta.

Assim, fomos recebidos pelo diretor do Laboratório da Paisagem, Carlos Ribeiro e pelo vice-presidente da câmara municipal de Guimarães, Amadeu Portilha que deram as boas vindas, bem como as figuras públicas presente, os atletas e campeões Ana Dulce Félix e Ricardo Ribas, além de escuteiros, voluntários e elementos das brigadas verdes das Juntas de Freguesia de Creixomil e Fermentões se juntaram à equipa científica do Laboratório da Paisagem para mais uma ação de limpeza do rio.

Como resultado desta iniciativa, foram retirados vários pneus, têxteis diversos, recipientes de diversas qualidades e de diversos materiais, vidros, um colchão, entre vários outros detritos.

Desta participação “fica o dever de missão cumprida e o reconhecimento de que a água, neste caso concreto, o curso de um rio é um elemento fundamental da nossa subsistência em sociedade. São estes gestos que marcam a diferença”, sublinhou Ernesto Machado, chefe do núcleo de Guimarães.

Muito mais do que uma ação inserida na “Festa da Primavera” e na Capital Verde Europeia esta foi uma ação sensibilizadora para o futuro e para a noção de sustentabilidade.

Texto de: Ernesto Machado. Fotografia de: Núcleo de Guimarães.
 
Bookmark and Share