INÍCIO /// NACIONAL
 
 
 
 
 
Os vencedores do FESCUT, o Clã São Martinho do Agrupamento 27 Bairro.
Artigo publicado a 2016-10-27 /// 2463 visualizações
 
XVII FESCUT – Atreve-te a Ser(vir)
A 17ª edição do FESCUT decorreu em Arouca entre os dias 14 e 16 de outubro, com o tema “ Atreve-te a Ser(vir)”.
10 Clãs, 6 regiões e 152 caminheiros rumaram a Arouca para três dias repletos de música, cultura e animação.

O Clã Rainha Santa Mafalda, do agrupamento 1302 Rossas, região do Porto, foi o anfitrião desta edição do Festival Nacional de Música Escutista, um festival de caminheiros para caminheiros.

A vila de Arouca encheu-se de energia rubra vinda de todo o país: Clã 77 (740 Areosa-Porto); Clã São Martinho (27 Bairro- Braga); Clã S.Miguel (1185 Bodiosa- Viseu); Clã 1 (6 Bonfim - Porto); Clã 100 Maximiliano de Kolbe (1177 Famões-Lisboa); Clã 72 (677 Matosinhos-Porto); Clã Fernão Magalhães (1346 Memória-Leiria); Clã 38 (572 Mindelo-Porto); Clã 19 Santo Contestável (5 Ronfe-Braga) e o Clã Moisés (571 Santo Amaro-Madeira), extra-concurso.

A música escutista aliou-se ao património cultural e natural do concelho, num programa que contemplou um concerto do órgão ibérico do mosteiro; workshops de folclore e doces conventuais, técnica musical, trabalhos manuais e ainda uma visita ao Arouca Geopark, a pontos emblemáticos como a Frecha da Mizarela e as Pedras Parideiras.

No espectáculo, o auge deste FESCUT, e perante um vasto público foram apresentadas as 9 canções originais. A grande qualidade demonstrada em palco tornou a missão do júri mais desafiante, tendo estes entregue os prémios da seguinte forma: melhor interpretação-Famões; melhor letra-Memória; melhor instrumental-Bairro; 3º lugar-Ronfe; 2ºlugar-Bonfim; e em 1º lugar, o grande vencedor, Bairro. Reconhecida foi também a criatividade com a atribuição do prémio de melhor vídeo de apresentação a Matosinhos.

Foi já durante a Eucaristia, no término de um festival em que nos “atrevemos a Ser(vir)” espalhando o Amor de Deus através da música, que o prémio de responsabilidade foi entregue ao clã São Martinho, com quem passará um ano a amadurecer até que na 18ª edição, em Braga, a música volte a unir os caminheiros de todo o país.

Texto de: Clã Rainha Stª Mafalda - Agrup. 1302 Rossas, Arouca. Fotografia de: Clã Rainha Santa Mafalda.
 
Bookmark and Share